Historicamente, a legislação pesqueira no Brasil tem sido construída de forma vertical, sem considerar o conhecimento e a sabedoria das pessoas que vivem do mar ou das águas, como pescadores, catadores de caranguejo, marisqueiros, entre outros grupos. O Instituto Maramar atua de uma forma bem diferente. Acreditamos que é imperativo reunir os coletivos interessados, principalmente os que vivenciam no dia a dia as dificuldades da atividade da pesca. Mas para juntar pessoas com diferentes opiniões e interesses é necessário algum nível de ordem e procedimentos, se não vira um bate boca danado. É nessa linha que o Maramar atua quando utiliza uma Metodologia de Participação com a finalidade de costurar o tão sonhado Acordo de Pesca. Cuidar de cada momento de diálogo, utilizar materiais adequados e respeitar a opinião de cada pessoa são alguns dos princípios de uma boa metodologia participativa. Podem ter certeza: estamos atentos a esses princípios pensando no bem coletivo e na preservação do meio ambiente. #AcordoDePesca

Gostou? Compartilhe

Inscreva-se em nossa Lista!

Inscreva-se em nossa Lista!

Participe de nossa lista e receba nosso boletim por email.

Por favor cheque seu email e confirme a inscrição.