No último dia 17 de novembro, Fabrício Gandini, diretor do Instituto Maramar e Edurdo Hipólito, pescador artesanal e morador da Ilha Diana, participaram da reunião do Consema sobre o licenciamento ambiental do Terminal Santorini, a dois quilometros da comunidade.

Os dois participaram como assistentes técnicos dos conselheiros e suas manifestações envolveram as falhas no processo de licencamento ambiental, o descaso com o território historicamente pesqueiro, a desconsideração pelos direitos da população e os perigos de acidentes ambientais, sendo responsablidade dos órgãos públicos e do empreendedor a realização de estudos socioambientais mais aprofundados e abrangentes.

O vídeo das manifestações esta disponível no canal da TV Consema, no Youtube:

Fala de Fabrício

Fala de Edudardo:

 

 

Após manifestação do empreendedor que citou Eduardo, foi pedido direito de resposta, e então Eduardo falou mais uma vez.

 

Após manifestações, o Ministério Público pediu vistas do processo no prazo de 20 dias.

Gostou? Compartilhe